07/10 | quarta | 20h

Em um momento em que o futuro parece interditado para (quase) todos é preciso repensar o mundo a partir de outras perspectivas que se apartem do modelo de dominação e exploração hegemônicos.

Qual é o papel do cinema e da imaginação das culturas indígenas, negras e populares nesse desafio incontornável?

 

Convidados:

Bernardo Oliveira – professor, crítico de cinema e música | RJ

Graciela Guarani – professora e cineasta | PE

 

Mediação: Tatiana Carvalho Costa – curadora | MG