CORPOS ADIANTE E DIVERSIDADE EM DEBATE NA MOSTRA TIRADENTES | SP 2019

Exibição de curtas da Mostra Foco SP, do média “Vaga Carne”, de Grace Passô e Ricardo Alves Jr., e pré-estreia mundial do longa “Copo Vazio”, de Dellani Lima, encerram a programação da Mostra Tiradentes |SP 2019

Impossível discutir a temática “Corpos Adiante” sem colocar a diversidade na pauta principal. Diversidade de corpos, diversidade de gêneros, diversidade de olhares, diversidade de vozes, diversidade de linguagens. Ponto alto da sétima edição da Mostra Tiradentes | SP, ela está na tela, nos debates, no hall do CineSesc e nos diálogos ao final da sessão. A diversidade esteve presente tanto nos diferentes estilos cinematográficos, quanto na pluralidade marcante dos realizadores e na infinidade de corpos possíveis e resistentes dos protagonistas que emprestaram sua existência e suas histórias para a sétima arte.

Considerando a temática e as urgências que a cercam, a Mostra Tiradentes | SP propôs como parte da programação o debate “Cinema da Vela - Corpos Adiante: Coletivos e Corpos em Risco”, que deu continuidade à reflexão sobre os corpos no cinema contemporâneo brasileiro, a partir de suas presenças físicas, seus modos de afirmação e suas possibilidades de criação para o futuro. Com mediação da curadora Camila Vieira e participação dos realizadores Ariel Nobre, Cris Lyra e Maria Fanchin e da equipe dos filmes, o encontro foi rico momento de troca sobre o fazer cinematográfico e representatividade.

“Eu quero um projeto de mundo onde toda pessoa pode se questionar sobre porque veste as roupas que veste, porque vai no banheiro que vai, porque faz o que faz. É sobre um projeto fraterno de mundo. E espaços como este proposto pela Mostra Tiradentes são fundamentais para a gente ir junto nessa direção e colocar pessoas trans em locais onde se decide a narrativa”, comenta Ariel Nobre, diretor de “Preciso Dizer que Te Amo”.

“Precisamos deixar claro a importância que é termos corpos como esses - lésbicos, pretos, periféricos - em uma tela grande. Para todo mundo ver, inclusive as mulheres lésbicas se identificarem e se sentirem livres para fazer o que bem entenderem. A gente quer chegar nas grandes mídias, a gente quer chegar nos grandes festivais, então é muito importante ver esse espaço de debate cheio de pessoas de olhos e ouvidos atentos”, acrescenta a atriz e roteirista de “Quebramar”, Lana Lopes.

Parafraseando a mãe de Grace Passô em discurso na abertura da 22ª Mostra Tiradentes, a diretora de “Quando Elas Cantam”, Maria Fanchin, destacou que "um país sem cultura e arte é um país morto". E completou: "O filme pode colaborar como lugar de reflexão, como a arte tem que ser".

CURTAS, MÉDIA E PRÉ-ESTREIA MUNDIAL ENCERRAM A PROGRAMAÇÃO DA MOSTRA TIRADENTES |SP 2019

Hoje, dia 03 de abril, a Mostra Tiradentes | SP se despede do CineSesc depois de sete dias de intensa programação. Iniciando as atividades do dia, o público da capital paulista está convidado a conferir a seleção de curtas da Mostra Foco SP. Serão exibidos quatro filmes, a partir das 17h30: os documentários “Casa de Catharina”, de Felipe Arrojo Poroger - selecionado especialmente para a itinerância paulista - e “Miragem”, de Flora Dias; além de “Mesmo Com Tanta Agonia”, dirigido por Alice Andrade Drummond e “Lua Maldita”, que tem direção de Felipe Santo. A classificação indicativa é 16 anos.

Às 19h15, acontece a pré-estreia nacional do média-metragem experimental “Vaga Carne”. O filme, integrante da Mostra Corpos Adiante, foi dirigido pela atriz Grace Passô e pelo cineasta Ricardo Alves Jr., sendo uma co-produção da Universo Produção, Grãos da Imagem e Entre Filmes. Sua primeira exibição foi na abertura da 22ª Mostra Tiradentes, realizada em janeiro, na qual Grace foi a homenageada.

O média é uma transcriação da peça teatral de mesmo nome em linguagem cinematográfica. O espetáculo, um solo performado e escrito por Grace Passô, estreou em 2016 e, ainda hoje, segue em cartaz nos circuitos de arte. O filme mostra uma mulher que vive a urgência do discurso, a urgência de renomear o mundo e nomear-se, à procura de suas identidades e de pertencimento. A classificação etária é 12 anos. Após a sessão, haverá um bate-papo com os diretores, com mediação da curadora Camila Vieira.

Para encerrar a programação da Mostra Tiradentes |SP 2019, será realizada, às 21 horas, a pré-estreia mundial do filme “Copo Vazio”, mais novo longa-metragem do diretor paraibano, radicado em São Paulo, Dellani Lima. O quarto longa-metragem do cineasta traz no elenco importantes nomes do cinema brasileiro, de diferentes gerações, como Jean-Claude Bernardet e Gustavo Vinagre. E também com João Filho, Camilla Rios, Tásia d’Paula, Biagio Pecorelli e Sérgio Silva. No filme, no centro da cidade, Alain busca preencher seu vazio, enquanto Miguel precisa de um lugar para ficar. A classificação etária é 18 anos.

Figura cativa dos eventos do Programa Cinema Sem Fronteiras, o cineasta, videodesigner, músico e curador independente Dellani Lima está sempre muito presente nas Mostras, estreando seus filmes e participando de debates, desde a 4ª Mostra de Cinema de Tiradentes, em 2001.


PROGRAMAÇÃO DIA 03/04


17h30 – CURTAS – MOSTRA FOCO SP


CASA DE CATHARINA, Felipe Arrojo Poroger

DOCUMENTÁRIO, DIGITAL, COR, 10’, SP, 2018

MIRAGEM, Flora Dias

DOCUMENTÁRIO, DCP, COR, 29’, SP, 2019

MESMO COM TANTA AGONIA, Alice Andrade Drummond

FICÇÃO, DCP, COR, 19’, SP, 2018

LUA MALDITA, Felipe Santo

FICÇÃO, DCP, COR, 25’, SP, 2018


CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA: 16 ANOS


19h15 – MÉDIA | MOSTRA CORPOS ADIANTE . PRÉ-ESTREIA NACIONAL


VAGA CARNE

EXPERIMENTAL, COR, DCP, 45’, MG, 2019

Direção: Grace Passô e Ricardo Alves Jr.

Elenco: Grace Passô, Zora Santos, Dona Jandira, André Novais, Sabrina Rauta,

Helio Ricardo, Valeria Aline Vila Real, Tásia d’Paula, Valeria Aissatu Sane,

Ronaldo Coisa Nossa

* Após a sessão, bate-papo com os diretores e mediação da curadora Camila Vieira.


21 h – FILME DE ENCERRAMENTO - LONGA | MOSTRA PAULISTA . PRÉ-ESTREIA MUNDIAL


COPO VAZIO

FICÇÃO, COR, DCP, 75‘, SP, 2019

Direção: Dellani Lima

Elenco: Jean-Claude Bernardet, João Filho, Camilla Rios, Tásia d’Paula, Biagio

Pecorelli, Sérgio Silva, Gustavo Vinagre

CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA: 18 ANOS


SOBRE A MOSTRA TIRADENTES |SP

Realizada pela Universo Produção e pelo do Sesc SP, a Mostra Tiradentes |SP tem o propósito de ampliar as possibilidades de formação, reflexão, exibição e difusão do cinema brasileiro contemporâneo. De 28 de março a 03 de abril, o público pôde conferir lançamentos e novidades do cinema nacional em longas e curtas, compartilhar conteúdos e reflexões com a presença de profissionais de vários estados do país, participar de debates, ações de formação e discutir os processos audiovisuais de criação.