FILME HOMENAGEM E PREMIADOS SÃO DESTAQUES DO SÁBADO DA MOSTRA TIRADENTES | SP

A 6ª edição da Mostra Tiradentes | SP segue em cartaz no CineSesc (Rua Augusta, 2.075) apresentando um panorama do cinema brasileiro contemporâneo. Nesse sábado, 17/03, o público da capital paulista compareceu para conferir quatro longas em pré-estreias nacionais. Além do filme homenagem, outros dois filmes produzidos no estados de São Paulo e a aguardada exibição do vencedor da Mostra Aurora da 21ª Mostra Tiradentes integraram a programação do dia, que contou ainda com a continuação do Lab | Imersão DocBrasil e o início da Oficina de Atuação no Cinema Realista. Uma realização da Universo Produção em parceria com o Sesc SP, a Mostra Tiradentes | SP pode ser conferida até o dia 21/03 com exibições diárias no CineSesc.

Dando início a programação do sábado, o Filme Homenagem “Escola de Cinema”, de Angelo Ravazi (SP), apresenta a Escola de Comunicação e Artes da USP através de depoimentos de importantes professores da ECA, como Jean-Claude Bernardet e, claro, Ismail Xavier. “Além de eu conhecer o Ismail pela obra dele, ele foi meu professor de graduação, eu fui aluno da última turma dele. Então, exibir o filme em São Paulo, em uma sessão em homenagem a ele, foi muito importante, porque foi a primeira vez que o filme teve uma exibição pública na capital paulista. A equipe é daqui, o filme aborda uma escola que é daqui - ele é um filme essencialmente paulistano, o que torna esse momento ainda mais especial”, comenta o diretor. Ao final da sessão, o público ainda participou de um bate-papo sobre o documentário com a participação de Angelo Ravazi, do homenageado da Mostra Tiradentes | SP Ismail Xavier, da equipe do filme e mediação do curador Cleber Eduardo.

A aguardada exibição do filme vencedor da Mostra Aurora da 21ª Mostra Tiradentes foi outro grande destaque do dia. Após um problema com a rede elétrica no quarteirão do CineSesc que deixou o cinema sem energia no dia 15/03, a sessão de “Baixo Centro”, de Ewerton Belico e Samuel Marotta (MG), foi transferida para sábado. O público encheu a sala para conferir a produção mineira que acompanha um grupo de personagens que se relacionam com o ambiente urbano de Belo Horizonte.

A sessão de “Lembro Mais dos Corvos”, de Gustavo Vinagre (SP), encerrou a programação do dia. Premiado na 21ª Mostra Tiradentes (Prêmio Helena Ignez para a atriz e corroteirista Julia Katharine), o longa de estreia de Vinagre é um dos sete selecionados da Mostra Aurora e acompanha a protagonista em uma noite de insônia. Após a exibição, o diretor e a atriz participaram de um bate-papo com o público e demais equipe do filme, no qual compartilharam segredos do roteiro, explicaram escolhas formais, responderam perguntas e ouviram elogios. O encontro foi mediado pela curadora Lila Foster. A pré-estreia de “Platamama”, de Alice Riff (SP), completou a programação do dia. O filme integra a Mostra Paulista e também era inédito na capital do estado.  

O dia também foi marcado pelo início da oficina Atuação no Cinema Realista, com o ator, diretor e professor Renan Rovida. Ministrada também na 21ª Mostra de Tiradentes, a ação formativa foi uma das mais concorridas no evento que aconteceu em Janeiro. Em São Paulo s oficina repete o mesmo sucesso e certificará, ao final de 4 dias, 20 atores. O Lab | Imersão DocBrasil ministrado por Cleber Eduardo completou as ações formativas.

 PROGRAMAÇÃO DE DOMINGO, 18/03

Três longas integram a programação de domingo da Mostra Tiradentes | SP. Abrindo as sessões do dia, às 17h, o Melhor Longa da 21ª Mostra de Tiradentes eleito pelo Júri Popular, “Escolas em Luta”, de Eduardo Cosonni, Rodrigo T. Marques e Tiago Tambelli (SP). Na sequência, às 19h, pré-estreia mundial do filme “Pássaro Transparente”, de Dellani Lima (SP). O longa da Mostra Aurora, “Dias Vazios”, de Robney Bruno Almeida (GO), encerra a programação do dia às 20h30.

Confira a programação: clique aqui